Vinhos Com Nomes Curiosos

A quantidade de castas e vinhos existente é tão grande que parece não caber no mapa. E tem para todos os gostos, com nomes oficiais e não-oficiais. Muitas vezes, o povo lhe atribui apelidos carinhos para qualificá-los e melhor expressá-los.

4791073404_660093bf14

Por isso, vamos a alguns vinhos e suas denominações incomuns:

Vinhos de Café: tintos simples, frutados, que atendem ao costume de cidades interioranas européias de se beber vinhos em bares e cafés.

Vinhos de Palha: licoroso, perfumado e longevo, elaborado com uvas passificadas depois de secas sobre o leito de palhas.

Vinhos de Sol: apelido carinhoso dado aos tintos de Saint Joseph, no Rhône Setentorial, pela incrível exposição solar de suas encostas.

Vinho de Gelo: vinhos de sobremesa elaborados com uvas congeladas, colhidas muito tardiamente em regiões de invernos rigorosos.

Vinho de Pedra: branco seco da Fracônia, oriundos dos vinhedos de Stein, palavra alemã que se traduz por pedra, mas que aqui é nome próprio.

Vinho Amarelo: tradução literal de Vin Jaune, branco seco do Jura, na França, de cor amarelo-âmbar devido ao longo tempo de amadurecimento em barrica de carvalho.

Vinho Verde: Nome dado aos vinho brancos e tintos da região do Minho, em Portugal. Devem ser bebidos verdes, e não maduros, antes que percam sua discreta e refrescante efervescência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s