Harmonização: Combinando Vinho e Ceviche

Amigos, acordei com ideia de escrever sobre outro assunto. Porém, ao entrar em um grupo de entusiastas de Baco, logo dei de cara com uma foto de ceviche acompanhando vinho tinto (como boa enófila, sempre acho que é a comida que deve combinar com o vinho e nunca o contrário..rsrsrs.). Resultado: me enchi de inspiração e corri para dar dicas de ótimos pares para o seu ceviche. 

ceviche-639900_640

CEVICHE

Primeiro de tudo, vamos a receitinha de um bom ceviche!

Ingredientes:

1kg de peixe (Meca ou Robalo)

1 limão siciliano

1 limão tahiti

1 cebola roxa

Pimenta rosa

Azeite

Sal

Modo de Preparo:

Corte o peixe em cubos e tempere com sal. Corte a cebola roxa em rodelas bem finas e acrescente ao peixe. Tempere com o suco dos limões, azeite e a pimenta rosa. Deixe marinando na geladeira por 30 minutos. Sirva frio.

Rendimento: 4 porções.


E aí? Anotaram direitinho? Achei muito fácil de fazer! Então, além de se tratar de um prato à base de peixe (algumas pessoas também incluem camarões limpos e cozidos), outro fator importante é o limão, que dá bastante acidez ao ceviche. Pensando nisso, afirmo categoricamente que combina com vinho branco! Os taninos de um tinto dão ao peixe uma expressão metálica, que se reflete no paladar. Sem falar que frutos do mar são leves e, sim, leveza pede leveza.

(ATUALIZANDO O POST – 29/11/206): Então, amigos, no último fim de semana fui em um restaurante peruano que amo de paixão. No cardápio, havia a opção de “Degustação de Ceviche”. Eram 3 porções diferentes para provar: escolhi “Tartare” (de salmão, com torradinhas), “Leite de Tigre” (mais tradicional) e “Cuzco” (de peixe com lula, polvo e camarão). Para acompanhar, fui de Aperol Spritz (receitinha aqui). O drink harmonizou superbem. Recomendo!

Porém, com exceção do “Tartare”, os outros dois pratos chegaram MUITO apimentados. Sinceramente, acho que eu deveria ter pedido para vir com menos pimenta. Nesse caso, acho que seria bem difícil escolher um vinho, pois o sabor picante brigaria com qualquer bebida menos intensa.

Sendo assim, nesse caso eu tive uma tremenda sorte com o ” Spritz”, que mistura um paladar doce do espumante (que certamente não era brut) com o agradável amargor do Aperol. Ou seja, no fim das contas tanto a bebida quanto os pratos tiveram o mesmo peso. 

HARMONIZE COM VINHOS BRANCOS DE BOA ACIDEZ

24206834764_cd835b0a2c

Se você for do tipo que não curte um vinho branco, invista em um bom rosé. Nesse caso, a harmonização correta vai potencializar a sua degustação de forma muito positiva. Essas sugestões também funcionam bem com comida japonesa, sobretudo os sashimis.

No caso do meu ceviche picante, certamente um branco leve não rolaria, visto que o mesmo seria apagado pelo sabor intenso da pimenta. Acho que eu beberia um caminhão-pipa inteirinho de água após aquele almoço, que de leve acabou descendo pesado. Ou seja, o drink foi uma grata surpresa nesse caso. Porém, na minha opinião, um ceviche mais cítrico e com um apimentado sutil vai muito bem com os exemplares acima citado, sobretudo o Sauvignon Blanc. 

Então, é isso, galera da enofilia. Saibam que pretendo atualizar posts antigos, sempre que o assunto pedir. Afinal, se uma coisa puxa outra, por que não simplificar para vocês? 

 Boa terça! Bons vinhos! Tim-Tim!

4 comentários em “Harmonização: Combinando Vinho e Ceviche

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s