“Comida Di Buteco”: Harmonizações com Vinho

Ontem foram divulgados os vencedores do concurso Comida di Buteco 2016, que já se tornou tradicional aqui no Rio de Janeiro. Logo que passei o olhar nos pratos, imaginei combinações sensacionais com o nosso amado néctar dos deuses. Afinal, quem disse que petiscos só se dão bem com cerveja?

Vale destacar que foi a própria galera frequentadora dos bares que elegeu os melhores pratos, através de votação. E, se a voz do povo é a voz de Deus, o resultado fica ainda mais saboroso. Outro ponto é que são delícias cujos ingredientes são facilmente encontrados nos cardápios dos restaurantes e botecos da sua cidade, ou mesmo que possam servir como inspiração para cozinhar em casa.

Então, preparem o paladar, pois as imagens a seguir são de dar água na boca.

COMBINAÇÕES DOS VENCEDORES COM VINHOS 

5º Lugar: “Punhetinha do Teixeira”, do Boteco do Teixeira Trata-se de um tira-gosto com estilo português. Vai lascas de bacalhau, banhadas no azeite extra virgem, azeitonas pretas e cebolas. Salpicado com alho torrado e salsinha, essa delícia é servida com torradas especiais.

SUGESTÃO COM VINHO: Para acompanhar esse e outros pratos com ares lusitanos, experimente um bom tinto do Douro ou Alentejo, ou ainda um leve Pinot Noir, visto que o bacalhau é um dos poucos peixes possíveis de se harmonizar com tinto. Se a sua preferência for por rótulos de brancos, aqui eu recomendo fortemente um Vinho Verde. 

Boteco-do-Teixeira_Punhetinha-do-Teixeira_Rio-de-Janeiro_2016_Foto-Marcos-Pinto1
Punhetinha do Teixeira – Foto by Marcos Pinto 

 4° lugar: “Tem Francesa no Momo”, do Bar do Momo: Um hambúrguer português de encher os olhos, porém, com uma pitada do jeitinho brasileiro. O nome, acredito, deve ter a ver com “A Francesinha”, um dos sanduíches mais amados do Porto, cidade ao norte de Portugal. O site oficial do concurso não divulgou os ingredientes, mas logo de cara já dá para ver que tem carne, e queijo. Ou seja, você pode adaptar a nossa sugestão de vinho com qualquer outro sanduíche do mesmo estilo. Basta soltar a imaginação.

SUGESTÃO COM VINHO: Uma opção testada e aprovada por mim, é um corte de Cabernet Sauvignon e Merlot. Porém, nesse caso, um Syrah também ficaria divino.

hamburguer_momo
“Tem Francesa no Momo”

3° lugar:  “Tipo Rei Bolinho À Mineira”, do Art Chopp – Trata-se de uma massa feita com queijos mussarela e minas, temperada 24h no Chopp, recheada com torresmo, linguiça mineira e couve. Acompanha uma pequena porção de torresmo e linguiça, além de uma cachacinha com mel e canela. Ou seja, um petisco mineiro da melhor qualidade. E, agora, que tal substituir a cachacinha por um bom vinho em pratos com o mesmo estilo?

SUGESTÃO COM VINHO: Quitutes mineiros, ainda mais aqueles acompanhados de linguiça e torresmo, costumam ser gordurosos. Esse tipo de peso, pede um tinto, de preferência mais encorpado. Cabernet Sauvignon, Tannat, Cabernet Franc ou um Syrah local, do Sul de Minas, seriam ótimas opções. 

 

art-chopp-1

2° lugar: “Delação Premiada”, do Colarinho BrancoTiras de carne de porco, envolvida com provolone e bacon empanado no parmesão, que acompanha três tipos de molho.

SUGESTÃO COM VINHO: Quando eu vi que o petisco tinha carne de porco e bacon, na mesma hora me veio à mente um tinto português da Bairrada. Aqui, eu também experimentaria com qualquer outro tinto encorpado ou, ainda, com um bom Riesling Seco Alemão. Lembrando que essa harmonização pode ser feita com outros pratos à base de carne de porco, como Kassler, Leitão da Bairrada, Leitão à Pururuca e por aí vai…

COLARINHO-BRANCO
“Delação Premiada”

1º lugar: “Ressurgência”, do Bar do Davi – O grande campeão do concurso! Esse vai, inclusive, para a eleição nacional de melhor “comida di buteco”. Uma deliciosa salada de frutos do mar com feijão fradinho.

SUGESTÃO COM VINHOS: Esse prato realmente me fez salivar e, como boa amante dos frutos do mar, logo me veio à mente um bom Chardonnay, tanto do Novo quanto do Velho Mundo. Um Chablis ou até Sauvignon Blanc também cairiam muito bem nesse caso. Aliás, esses exemplares são ideais para acompanhar qualquer iguaria à base de camarão, lula, polvo, ostras… Delícia! 

david
O grande vencedor do “Comida Di Buteco 2016”: “Ressurgência”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s