Notas de Prova: Torcicoda Primitivo Salento 2014

Hoje cheguei com mais um post da série “Notas de Prova”, desta vez com uma belezinha da casta Primitivo, que nada mais é que um Zinfandel italiano. Porém, ontem, conversando com um amigo, cheguei à conclusão que, apesar de se tratar da mesma cepa, Primitivo e Zinfandel podem dar origem a vinhos com nuances diferentes, dependendo de seu terroir de origem. Só degustando e comparando para entender e eleger um favorito ou se apaixonar pelos dois, cada um com seu jeitinho e personalidade.

18156020_10211889942261834_7303292042175107016_o

PRIMITIVO IGT SALENTO  

Ontem recebi da importadora Winebrands Brasil uma amostra do Torcicoda, produzido com uvas Primitivo de uma zona chamada Salento, uma das denominações de origem da Primitivo na Puglia (Itália). Fato que a Primitivo é uma uva muito apreciada pelos brasileiros e esse é elaborado 100% com a varietal, resultando numa bebida superelegante e com leve toque mineral.

Obs: Os 14% de teor alcoólico passam despercebidos ao paladar, tamanho o equilíbrio entre álcool, tanino e acidez. 

VINIFICAÇÃO

O Torcicoda provém do antigo vinhedo de “alberello”, em Maime. As uvas são colhidas um pouco sobremaduras na primeira quinzena de setembro. Depois de prensadas são fermentadas com temperatura máxima de 26°C e o vinho permanece em contato com a casca por um total de 15 dias. Em seguida, o vinho envelhece por 10 meses em barris de carvalho francês e húngaro. Após engarrafado ainda permanece na vinícola por 8 meses antes de ser comercializado.

Torcicoda Primitivo

DEGUSTAÇÃO

VISUAL: núcleo rubi-escuro com aro rubi-claro e leves nuances violáceas, dependendo da iluminação do ambiente.

OLFATIVO: apresenta notas de frutas vermelhas, como framboesa, combinadas a baunilha e especiarias. A baunilha é bem flagrante. Uma delícia!

GUSTATIVO:  Na boca é bem equilibrado com taninos potentes, porém macios. Muita harmonia entre acidez, álcool e adstringência. Dá para sentir as frutas  vermelhas maduras e o final é longo e persistente.

*Para desfrutar de todo o potencial sensorial desse vinho, sugere-se servi-lo à temperatura de 18ºC. Ou seja, ideal para o friozinho de ontem à noite. 

HARMONIZAÇÃO

O Primitivo Salento combina bem com grelhados, assados aves de carne escura (como pato), queijos maturados e sopas condimentadas. Ontem harmonizei essa delicinha com pizza margherita caseira, preparada pelo maridão. E, sim, ficou perfeito! Afinal, são simples prazeres como esse que fazem de uma sexta à noite comum um evento memorável.


Então é isso, enoamigos! O pessoal já estava me cobrando um outro artigo com minhas notas de prova. Afinal, nem só de Vivino vivem os enófilos de plantão. Ainda mais eu, que não resisto à oportunidade de escrever algumas boas linhas sobre o meu amado néctar.

O Torcicoda Primitivo Salento 2014 é vendido no site da Winebrands Brasil. Aliás, preciso dizer que adorei as dicas de harmonização deles. Você clica no que procura “carne de caça”, “queijos”, “massas”, “pizzas”, entre outros, e tem sugestões de estilos de vinho para cada opção. Perfeito!

Até a próxima! Boa degustação! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s