Wine Drinks: Um Chardonnay Aconchegante Para os Dias Frios

Já faz tempo que estava à procura de uma receitinha de coquetel com Chardonnay barricado, daquelas matadoras! Aliás, se você ainda acha que vinho branco não tem nada a ver com inverno, chegou a hora de mudar seus conceitos definitivamente.

Na minha opinião, esse estilo é perfeito para os dias mais frios do ano, quando se está a fim de desfrutar de uma bebida diferente, sobretudo se você é do tipo que não abre mão de um drink para celebrar com os amigos.

Essa delícia  pode vir antes ou depois dos vinhos escolhidos para a noite.

phpThumb_generated_thumbnail

Você quem sabe!

Ah, e transformar um Chardonnay com estágio em carvalho em um coquetel maravilhoso é mais fácil do que se imagina. Novamente, o nosso queridinho Aperol entra em cena para salvar a pátria. Anote a receitinha e prepare-se para os elogios!

INGREDIENTES

  • 120 ml de vinho branco, de preferência Chardonnay com estágio em barrica de carvalho.
  • 60 ml de Aperol
  • 5 gotas generosas de Orange Bitter (Trata-se de uma espécie de xarope aromático para dar mais sabor aos drinks. Vende aqui!. Mas, se você não encontrar, acho que vale substituir por Contreau ou qualquer outro licor de laranja).
  • Rodelas de Limão Siciliano ou Laranja para decorar.
  • Gelo.

MODO DE FAZER

Encha metade de um copo próprio para coquetéis com gelo. Adicione o Aperol, o Bitter e o Vinho Chardonnay, misturando-os bem. Em seguida, passe uma rodela de limão ou laranja na borda do copo, coloque na bebida e sirva-a imediatamente.

aperol


Adorei essa receitinha, pois é uma possibilidade de se usar o Aperol fora do tradicional Spritz com Prosecco. Sem falar que sempre é bom variar e testar novas formas de se degustar os nossos amados vinhos, não importa a estação do ano.

Então é isso! Reúna a sua galera e curta muito! Bom fim de semana! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Referência: CHOW

Anúncios

Wine Drinks: Caipirinha de Amoras com Cabernet Sauvignon

Nesta sexta eu estava muito a fim de trazer um drink com vinho tinto para vocês. Por que? Finalmente o friozinho chegou e nessa época a gente já busca naturalmente por caldos mais encorpados.

471c4ffafff6dd024c41f27e2372c073

Sendo assim, o coquetel de hoje une as nuances da Cabernet Sauvignon com um toque de amora. Trata-se de uma caipirinha sofisticada, capaz de surpreender qualquer um. Uma ótima ideia para Welcome Drink antes de iniciar os trabalhos.

Anote a receitinha e descubra uma nova forma de desfrutar da nossa brasileiríssima caipirinha.


CAIPIRINHA DE AMORA E CABERNET SAUVIGNON 

Ingredientes:

  • 1 xícara de amoras frescas.
  • 2 Limões Tahiti médios, cortados em vários pedaços (como quando você prepara uma caipirinha básica). 
  • 180ml de cachaça.
  • 60ml de Vinho Tinto Cabernet Sauvignon.
  • Suco de 3 Limões Tahiti médios.
  • 60ml de suco de Laranja recém-espremido. 
  • 120ml de xarope de açúcar.
  • 60ml de Suco de Cranberry (pode ser aquele de caixinha)
  • Gelo a gosto.
  • Rodelas de Limão e Laranja para decorar. 

Modo de Preparo:

  • Coloque as amoras e os limões cortados numa jarra. 
  • Adicione a cachaça, o suco de limão, o suco de laranja, o xarope de açúcar, o suco de cranberry e o gelo. Mexa bem. Decore com as rodelas de limão e laranja.
  • Sirva em copos próprios para caipirinha. 

E aí, curtiram? Eu ainda colocaria em cada copo um daqueles canudinhos com abertura, próprios para caipirinha, a fim de não desperdiçar nem um pedacinho das frutas. Sem dúvida é uma forma bem-humorada e refrescante de curtir um Cabernet Sauvignon no outono-inverno. Afinal, pelo menos aqui no Rio de Janeiro, os dias costumam ser bem fresquinhos e agradáveis nessa época. 

Então é isso, enoamigos! Gostaram da cara nova do site? Já estava enjoada do lay out antigo e resolvi dar uma mudada. E vocês já devem ter percebido que entrou um link novo, o Histórias Engarrafadas, com as crônicas deliciosas do parceiro e amigo Sommelier André Ribeiro. Aproveitem, pois a Vila é todos nós! 

Até a próxima! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Referência: Chow

Wine Drinks: Sangria Rosé Para Animar o Dia!

Amigos, hoje cheguei com mais um post da série “Wine Drinks”, que é sucesso total entre os viníferos. E quando me deparo com algo diferente e delicioso, o que faço? Corro para dividir com vocês!

Natasha David, co-proprietária do famoso bar Nitecap, em Nova Iorque, criou esse sofisticado wine drink graças à sensibilidade de combinar elementos que harmonizam perfeitamente entre sim.

Sangria_Rosé

Quem me conhece sabe que não resisto a um bom néctar rosado. Além disso, faz tempo que estava à caça de um drink refrescante com Rosé, algo diferente e ao mesmo tempo clássico, como uma típica sangria! Essa é perfeita e fica linda na jarra. Funciona bem  tanto no encontro romântico quanto num bate-papo animado com os amigos.

Caderninho em mãos? Então, bora anotar a receitinha:

SANGRIA ROSÉ

Ingredientes:

  • 250ml de vinho rosé seco (Cor cereja (mais encorpado) ou salmão (ao estilo da Provence), tanto faz). 
  • 120ml de Lillet Rosé
  • 120ml de Chá de Hibisco (eu prefiro o chá de verdade, feito pela infusão das flores desidratadas)
  • 60ml de Suco de Limão Siciliano fresco, espremido na hora. 
  • 60ml de Xarope de Açúcar (basta misturar água com açúcar em fogo (médio) até que o mesmo se dissolva). 
  • 30 ml de Aperol
  • Gelo
  • 200ml de Club Soda 
  • Rodelas de laranja, limão siciliano e morango para decorar. 

Modo de Fazer:

Numa jarra, misture o vinho rosé, Lillet, Chá de Hibisco, Suco de Limão, Xarope de Açúcar e Aperol. Coloque o gelo e mexa bem. Adicione o Club Soda e as Frutas. Sirva, de preferência, em copos congelados. 


Como ainda é sexta, temos tempo suficiente para sair em busca dos ingredientes da sangria, ideal para animar o seu fim de semana! Sem falar que é uma ótima forma de variar o jeito de curtir um belo Vinho Rosé em ótima companhia!

Até a próxima!  Bom Fim de Semana! Ótimos Vinhos! Tim-Tim!

Referência: Food & Wine.com

Wine Drinks: Roséroni Para Os Dias Frescos de Outono

Hoje trouxe um coquetel inspirado em mudanças súbitas de estação. Pelo menos aqui no Rio é o que estamos vivenciando. Ora faz sol e muito calor, ora friozinho. Durante o dia geralmente ainda é quente. Já à noite fica uma delícia, com a temperatura bem amena.

E quem disse que o Rosé deve ser desfrutado somente no verão? Na semana passada, um dos meus leitores assíduos me questionou, “Mas, cadê os drinks com Rosé?”. Isso sempre me deixa muito feliz, pois percebo que a minha luta para desmistificar e popularizar os rosados não tem sido em vão.

rosé

Então, enoamigos, hoje vamos a mais uma receitinha de Wine Drink. Desta vez, de autoria da mixologista Natalie Magliarini, do Blog Beautiful Booze. Papel e caneta na mão? Bora lá:

rosé2

ROSÉRONI

Ingredientes:

  • 30 ml de Vinho Rosé (de Cabernet Sauvignon ou Cabernet Franc, mais encorpado).
  • 30 ml de Campari.
  • 30 ml de Gin.
  • 1 xícara de gelo.

Modo de Preparo:

  • Combine todos os ingredientes  numa coqueteleira.
  • Agite bem.
  • Despeje em um copo long drink ou próprio para whisky.
  • Decore com uma fatia de limão siciliano.

Eu gosto assim! Fácil, rápido e saboroso! Perfeito para agitar o seu fim de semana. Afinal, de vez em quando é bom variar e desfrutar do nosso néctar dos deuses de outro jeito, não é mesmo?

Não vejo a hora do tempinho esfriar de vez. Que venham fondues, serra, lareira e muitos tintos, de todas as castas e origens! Aliás, amanhã estarei em Friburgo curtindo um friozinho com uma galera que é fã de vinhos. Espero que o outono chegue de verdade!

Ótimo fim de semana! Bons Drinks! Bons Vinhos! Tim-Tim!

Wine Drinks: Um Espumante Tropical Para Curtir No Fim de Semana

Enoamigos, cheguei com mais uma daquelas receitinhas práticas e fáceis de fazer: o Espumante Tropical. Ao redor do mundo, os apreciadores costumam utilizar champanhe, mas, em tempos de crise, é possível substituir por espumante ou prosecco de sua preferência.

1864

E, já que o calor não tem dado trégua, esse não deixa de ser um coquetel refrescante e agradável. Eu amo manga! É uma das minhas frutas favoritas, além de ter tudo a ver com o estilo tropical do drink. Fica perfeito tanto para receber os amigos numa festinha íntima, em casa, ou em um superevento de aniversário.

PREFIRA ESPUMANTE BRUT OU DEMI-SEC

Como o licor e o purê da fruta já são naturalmente doces, eu optaria por um espumante seco, do tipo Brut. Mas, como eu sei que tem gente que não abre mão de um Demi-Sec, também fica legal nesse caso. Porém, acredito que, aqui, um espumante doce seria totalmente enjoativo e desnecessário (ao menos que você queira servir o drink junto da sobremesa).

Ingredientes:

  • 120ml de Espumante no estilo de sua preferência (Brut ou Demi-Sec)
  • 50g de Purê de Manga
  • 30ml de Licor Marrasquinho

Modo de Preparo:

Despeje o purê de manga numa taça de vinho branco ou espumante. Em seguida, adicione o espumante e vá mexendo suavemente. Adicione o licor marrasquino na taça e sirva.

RECEITA DO PURÊ DE MANGA 

Junte a manga e cozinhe até que a mesma se dissolva, mexendo para que não grude no fundo da panela. Verifique se há necessidade de sal. Se o purê estiver grudando na panela, ou se a manga não se dissolveu toda, junte 2 colheres de sopa de água, ou até mais, e continue cozinhando até ficar homogêneo.

josefhine-1355871045175_956x500
Se quiser dar uma inovada na receita tradicional, substitua o purê de manga por pedaços da própria fruta. Fica igualmente delicioso!

Então é isso, galera do vinho! Fim de semana já está aí! Semaninha passou rápido e rasteira, do jeito que eu gosto. Sim, por enquanto o tempinho ainda pede vinho branco, e espumante. Tintos só mesmo na Serra ou no friozinho do ar-condicionado. Não vejo a hora dos termômetros caírem… Delícia!

Bom final de semana! Ótimos vinhos! Bons drinks! Tim-Tim!

Referências:

http://www.drinkswap.com/, Bol, Absolut Drinks.

 

 

Wine Drinks: Espanhola Para Levantar o Astral

Sexta-feira já? Sim, amigos do vinho, essa semana, literalmente, passou muito rápido! E cá estou eu para trazer mais um superwinedrink para vocês. A Espanhola é bem tradicional aqui no Brasil e bem conhecida nas rodas de amigos. É uma espécie de batida de vinho com abacaxi.

espanhola-cremoso

Falou em batida, de cara dá para perceber que não se trata de um caldo light. Afinal, vai leite condensado (Uau!). Mas sabe aquelas ocasiões em que a sobremesa se transforma na atração da festa? Gosto de dizer que a Espanhola combina mais com um gran finale que como um Welcome Drink. É para os seus convidados voltarem para casa felizes, tornando seu evento memorável.

E se uma receita já é tudo de bom, imagine duas! Pensando nisso, trouxe duas formas de se preparar esse mix icônico.

ESPANHOLA – RECEITA 1

Ingredientes

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 litro de vinho tinto seco ou tinto suave
  • 1 abacaxi médio
  • Gelo

Modo de preparo

  • Comece descascando e cortando o abacaxi
  • Bata no liquidificador juntamente com o leite condensado e também com o vinho
  • Acrescente então o gelo e bata novamente
  • Sirva em copos largos e dê um toque especial enfeitando com pedaços triangulares de abacaxi

Rende 4 porções.

OBS: Uma dica bem bacana para dar mais sabor, é enfeitar as laterais da boca do copo com calda para sorvete. Hummmm… Delícia!

ESPANHOLA – RECEITA 2

Nessa outra opção, é possível incrementar a sua Espanhola usando, ainda, creme de leite e abacaxi em calda:

Ingredientes

  • 1 garrafa de vinho tinto seco
  • 1 lata de abacaxi em calda
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • Gelo picado (esse vem por último)

Modo de preparo

  • Bata todos os ingredientes no liquidificador
  • Coloque tudo numa taça e sirva junto com um pedaço de abacaxi enfeitando o seu copo
  • Sirva e saboreie

Rende 4 porções.

drink-espanhola


Então é isso, viníferos! O meu fim de semana promete ser bem agitado. E o de vocês? Tem alguma receita de drink com vinho que você mesmo criou? Conta para mim! Ela pode aparecer aqui no blog!

Ótimo fim de semana! Bons drinks! Vinhos Fabulosos! Tim-Tim!

Imagens: Receitas de Vó, Tudo Microondas. 

Wine Drinks: Um Agripino Para Agitar Seu Carnaval (Inclusive nos Blocos de Rua!)

Sexta-feira pré-carnavalesca e nada como preparar mais uma delícia de coquetel com o nosso amado néctar dos deuses. E, como sempre, trago uma opção tranquila, perfeita para o churrasco com os amigos ou simplesmente para bebericar enquanto se assiste ao desfile pela TV.

314

Mas se você for do tipo empolgado e que adora um bloco carnavalesco, não se acanhe! Esse drink pode ser transformado em “Sacolé” (ou Geladinho”) Facilmente! Afinal, vai sorvete e espumante! Que beleza!

Anote a receitinha:

Ingredientes
  • 10 ml de vodca cítrica (também vale com vodca tradicional)
  • 1 bola de sorvete de limão-siciliano (ou sorbet de tangerina)
  • 40 ml de Champanhe ou outro espumante
  • 1 tira de casca de limão-siciliano para decorar (ou de laranja se usar sorbet de tangerina)
Modo de fazer
  • No liquidificador, bata ligeiramente a vodca e o sorvete.
  • Em uma taça, sirva e complete com o Champanhe.
  • Decore com a casca de limão e sirva.

Caso queira optar pelo “Sacolé” (ou Geladinho), despeje a mistura do liquidificador direto nos saquinhos e coloque no freezer. Quando estiverem bem firmes, já dá para consumir. Se for levar para a rua, não se esqueça de acondicioná-los em caixinha de isopor ou bolsa térmica.

HISTÓRIA DO SACOLÉ (OU GELADINHO)

Trata-se de uma espécie de picolé artesanal preparado dentro de pequenos sacos plásticos. Esta iguaria surgiu durante a Segunda Guerra Mundial. Inicialmente salgado, era usado como fonte proteica pelos marinheiros norte-americanos.

sacole_de_limao_e_hortela_thumb

A expressão “sacolé” foi criada como uma fusão das palavras “saco” e “picolé”, por ser uma iguaria gelada preparada em sacos plásticos. As expressões “geladinho” e “gelinho” popularizaram-se em função da marca registrada “Geladinho”, principal fabricante deste tipo de doce. Já nomes como dindim, chupe-chupe, juju, etc.. imitam sons onomatopeicos.

Em outros países não existe um nome específico para a sobremesa, sendo chamada apenas de doce gelado (ice candy) nos locais onde é comercializada.


Então é isso, enoamigos foliões! Quando se trata de curtir o carnaval com vinhos, a gente tem mais é que soltar a criatividade mesmo. Vale sacolé de Espumante (os já famosos “Chandonlés”), de Vinho Branco, de Mimosa, de Rossini, Beliini e por aí vai…Sempre usando a dica de inserir a mistura nos saquinhos e congelar.

Bom, né? Que tal fazer em casa? Faça e não se esqueça de postar com a hashtag #vilavinifera . Depois? Ahhhh, amigo, é só correr para a o abraço.

Bom carnaval! Bons Drinks! Ótimos Vinhos! Tim-Tim!