Vinho & Saúde: 9 Motivos Para Adotar o Vinho Como Estilo de Vida

Razões de sobra para ingressar no mundo do vinho. Vem!

Vila Vinífera

Sim, você não leu errado! Certamente os apaixonados pelo néctar  já adotaram o fermentado como estilo de vida. Ou seja, é comum ver a galera da enofilia sair para degustar vinhos com os amigos, isso quando não estão em casa cozinhando com vinhos ou arrumando as garrafas na adega. Mas o que muita gente ainda não se deu conta é que, além de ser delicioso e ativar os sentidos, a bebida dos deuses ainda faz superbem para saúde. 

Então, se você ainda não optou por degustar uma tacinha, seja diariamente, durante as refeições, ou junto dos amigos no fim de semana, dá só uma olhada em todos os benefícios que o vinho pode trazer para você:

1. REDUZ O RISCO CARDÍACO

Diversos estudos realizados ao longo dos anos constataram que o consumo moderado de vinho ajuda a manter o coração saudável, fazendo com que o colesterol não se deposite nas…

Ver o post original 398 mais palavras

Anúncios

Wine Drinks: Refrescante de Coco Verde e Vinho Branco

Mais um Wine Drink refrescante para o seu fim de semana!

Vila Vinífera

Então, enoamigos, a primavera chegou, mas aqui no Rio o clima está mais para verão do que para outra coisa. E foi pensando nisso que hoje trago para vocês um Wine Drink com estilo praiano, totalmente leve e descompromissado.

como-fazer-pina-colada-1024x1024

Amanhã combinei de encontrar os amigos na praia e nada como relaxar com um coquetel desse. Em se tratando se coco, é bem melhor que Piña Colada, na minha humilde opinião.

Ah, e ainda é uma ótima opção para quem está em busca de uma bebida light e saborosa.

ÁGUA DE COCO: UMA BENÇÃO PARA A SAÚDE

Conhecida como “água da juventude”, a água de coco, além de refrescante, é rica em potássio, cálcio e magnésio, minerais importantíssimos para a nossa saúde. Sem falar que a bebida é boa para o coração e outros músculos. Assim como a banana, ela também evita evita cãibras, porém com uma vantagem: possui quase nada…

Ver o post original 387 mais palavras

Confira 6 Combinações Clássicas Entre Vinho e Comida

Combinações maravilhosas entre vinho e comida!

Vila Vinífera

Um dos super-poderes provenientes dos vinhos é o de potencializar o sabor de determinados ingredientes culinários. Experimente colocar o alimento na boca e o vinho logo em seguida. Pouca gente faz isso. Às vezes nos atentamos em harmonizar um prato, mas não o ingerimos ao mesmo tempo com a bebida. O resultado é pura mágica, uma combinação perfeita!

Existem combinações clássicas entre vinho e comida. São aquelas em que todo mundo  se arrisca, pois não têm erro. Vejamos algumas delas:

Entradas

1- Champanhe e Caviar

Independente da harmonização, caviar e champanhe são artigos luxuosos e sofisticados, que ao serem degustados juntos, realmente se completam. É o que chamamos de casal perfeito. Ovas de caviar são oleosas e salgadas. Entretanto, quando combinadas ao champanhe, estas se transformam em um patê aerado, que envolve a boca com uma sensação agradável, tanto quanto a efervescência do espumante. Para o champanhe, hoje em dia há muitas alternativas. Nossos espumantes…

Ver o post original 487 mais palavras

(Vivendo e Aprendendo) Qual a Diferença Entre Vinho Reserva e Reservado?

Tire suas dúvidas e não se engane com o rótulo!

Vila Vinífera

Reserva? Reservado? Pode parecer óbvio para os iniciados no mundo do vinho, mas muita gente se confunde com esses dois termos, tão utilizados pelas vinícolas. Você já deve ter percebido que as bebidas com a qualificação “Reservado” são facilmente encontradas nas prateleiras dos supermercados e, na maioria das vezes, possuem o preço bem em conta. Por outro lado, as de rótulo “Reserva” são mais caras e não estão disponíveis em qualquer esquina. Mas, qual a diferença entre elas? Afinal, os nomes são tão parecidos….

130415444816

Sem falar que, para complicar ainda mais a nossa vida, cada país possui a sua própria regra de denominação (ou não) para cada especificação.

NOVO MUNDO

Reservado:

Por aqui, os vinhos denominados “Reservado” costumam ser frutados, sem madeira e nenhuma complexidade. É o vinho de entrada das vinícolas. Como na América do Sul não há regra quanto a isso, os produtores inventaram esse nome para dar…

Ver o post original 456 mais palavras

Harmonização entre Vinho e Comida Mexicana

Vinhos combinam com tudo, até com a culinária mexicana!

Vila Vinífera

Sempre digo que vinhos costumam combinar com praticamente tudo! Afinal, até agora minhas experiências têm dado certo. Porém, em alguns casos é preciso estar atento. Por exemplo, os pratos da culinária mexicana devem ser vistos com atenção, já que possuem sabores intensos, muitas vezes, picantes e condimentados.

tacos-1152345_640

Mesmo assim, adoro tacos, burritos, fajitas, nachos, quesadillas e afins. Há algum tempo, tenho acompanhado uma popularização de restaurantes mexicanos aqui no Rio. Na minha cidade, em especial, há mais ou menos uns 10 anos só existia um restaurante com esse tipo de comida. Atualmente, conto uns 5 com facilidade. Acredito que seja em virtude da demanda por novidades, que fujam um pouco do padrão italiano-asiático-contemporâneo.

Mas, enfim, hoje o nosso desafio é combinar os pratos do México com vinhos. Então, vamos lá!

COMO AMENIZAR O CHILLI

Antes de tudo, a comida mexicana costuma ser bem picante e muitas vezes vir carregada de chilli

Ver o post original 215 mais palavras

Notas de Prova: Perdriel Series 2014, um Malbecão de Respeito

Atenção, Malbec Lovers, está aí um rótulo que me supreendeu superpositivamente. O Perdriel 2014, da Winebrands Brasil, é daquele tipo que chega chegando, com notas olfativas bem intensas. Perfeito para um churrasco ou simplesmente para harmonizar com aquele bate-papo descontraído.

Como sou daquelas que adora ler um contrarrótulo, logo de cara fui tomada por uma grande expectativa, sobretudo pelo mesmo mencionar que o vinho em questão provinha de um vinhedo centenário, com videiras que vão dos 50 aos 80 anos de idade. E não decepcionou!

NOTAS DE PROVA

VISUAL: Vermelho-Rubi, com nuances violáceas. Límpido, com leve opacidade.

OLFATO: Forte presença de ameixas, frutas vermelhas maduras, defumado, tabaco, especiarias, canela, cravo, além de uma mineralidade intrigante, difícil de ser encontrada em outros malbecs da mesma região. 

whatsapp-image-2017-10-30-at-10-16-41.jpeg

BOCA: De médio corpo, em boca é muito agradável, com taninos redondinhos, muito equilíbrio e persistência. 

HARMONIZA COM.. pratos à base de carnes vermelhas e queijos de massa mole. Pede gordura!

UM POUCO MAIS SOBRE A MALBEC

Malbec é uma variedade de uva tinta nativa do sudoeste da França (sobretudo da área em torno de Cahors). Porém, foi na Argentina que esta casta ganhou fama, mais especificamente em Mendoza, região responsável por qualificar a Malbec como uva mais representativa dos porteños, tendo-os colocado definitivamente no mapa do vinho mundial.

malbec-261-1-1

A Malbec geralmente amadurece no meio da estação de crescimento e produz uvas pequenas e intensamente pigmentadas. Como é tão sensível ao seu ambiente crescente, o nível de amadurecimento tem um efeito considerável na estrutura do vinho. No geral o os Malbecs franceses tendem a ser mais carnudo, rústico e tânico, enquanto os exemplares argentinos são igualmente ricos, maduros, intensos e suculentos. Em ambos os lados do Atlântico, os vinhos Malbec geralmente são envelhecidos em carvalho para melhorar sua estrutura e potencial de envelhecimento.

FINCA PERDRIEL

Há mais de cem anos foi fundado em Mendoza o primeiro vinhedo da Bodega Norton, o Finca Perdriel. Este vinhedo se caracteriza por ter a superfície do solo mais fina que a média da região, o que diminui a capacidade de retenção da água. Por este motivo, as uvas do vinhedo Perdriel são altamente concentradas, produzindo vinhos encorpados de cor intensa, saborosos e com alta capacidade de guarda.

PERDRIEL-WINES

O Perdriel Series 2014 é elaborado 100% com uvas Malbec, sendo amadurecido em barricas de carvalho de 1º e 2º uso, além de 10 meses em garrafa antes de ir para o mercado. Apesar do teor alcoólico de 14,3%, há um equilíbrio notório entre acidez, taninos e alcoolicidade.

Esse vinho está à venda aqui, no site da WineBrands Brasil. 


Então é isso, enoamigos, começando a semana a todo vapor. Semana curtinha, é verdade! Mas com muito estudo  e vinho pela frente!

Até a próxima! Ótima semana! Ótimos Vinhos! Tim-Tim!

*Esse artigo expressa minha opinião sincera sobre o produto em questão.

Terroir Nacional: Grande Prova de Vinhos do Brasil Bate Recorde de Vinícolas Participantes

Está rolando até quinta-feira (26/10), no Hotel Vila Galé, na Lapa (RJ), a maior avaliação às cegas de Vinho Brasileiros – a Grande Prova de Vinhos do Brasil. No time de jurados, nada mais nada menos do que alguns dos melhores profissionais do setor, entre eles jornalistas, professores, consultores e sommelieres.

Grande Prova Vinhos do Brasil 3 _baixa

Sob a batuta de Marcelo Copello, jornalista e expert superinfluente e conhecido no Mundo do Vinho, o concurso tem tudo para revelar grandes rótulos brazucas. Outra presença ilustre fica por conta de Eugenio Lira, presidente da associação de enólogos do Chile. Agora, vamos deixar de rodeios e conferir as categorias que serão avaliadas:

CATEGORIAS AVALIADAS NA GRANDE PROVA

  1. Espumante Brut branco Champenoise
  2. Espumante Brut branco Charmat
  3. Espumante Brut rosé Champenoise
  4. Espumante Brut rosé Charmat
  5. Espumante extra-brut, nature branco
  6. Espumante extra-brut, nature rosé
  7. Espumante prosecco/glera
  8. Espumante moscatel branco
  9. Espumante demi-sec, branco
  10. Espumante moscatel e demi-sec rosé
  11. Branco Chardonnay
  12. Branco Sauvignon Blanc
  13. Branco Gewurztraminer
  14. Branco Riesling
  15. Branco Moscato
  16. Branco de outras castas e cortes brancos
  17. Tinto Cabernet Sauvignon
  18. Tinto Merlot
  19. Tinto Tannat
  20. Tinto Sangiovese
  21. Tinto Pinot Noir
  22. Tinto Syrah
  23. Tinto Tenpranillo
  24. Tinto Cabernet Franc
  25. Tinto Marselan
  26. Tinto de outras castas
  27. Tinto Cortes
  28. Tintos Super Premium (acima de R$ 120)
  29. Rosé
  30. Doces e Fortificados
  31. Suco de Uva Integral Branco
  32. Suco de Uva Integral Tinto
  33. Best Buys (até R$ 49,99)

*As categorias estreantes em 2016 ganham novos valores, corrigidos. Tintos Super Premium (acima de R$ 120) e Best Buys (os mais bem pontuados até R$ 49,99).


A Grande Prova de Vinhos do Brasil chega à sua sexta edição como um dos eventos mais badalados do setor, sendo que este ano alcançou a incrível marca de 122 vinícolas participantes, com mais de 821 amostras (1.642 garrafas) inscritas para serem organizadas durante quatro dias, em 33 categorias, das quais sairá a classificação dos melhores vinhos do Brasil, incluindo os campeões de cada categoria, que serão eleitos pelo jurí a seguir:

JURADOS PARTICIPANTES

  • 1.    Marcelo Copello, presidente do júri, Grupo BACO Multimídia
  • 2.    Sergio Queiroz, Grupo BACO Multimídia
  • 3.    Eugenio Lira, Presidente da Associação de Enólogos do Chile
  • 4.    Danio Braga – chef e sommelier, fundador da ABS Brasil
  • 5.    José Luiz Pagliari, professor do SENAC-SP e diretor da SBAV-SP
  • 6.    Luiz Cola – jornalista da Gazeta de Vitória
  • 7.    Ricardo Farias – Diretor da ABS-Rio
  • 8.    Celio Alzer – Professor da ABS-Rio
  • 9.    Deise Novakoski, jornalista e consultora em vinhos
  • 10. Maria Helena Tahuata, vice-presidente da ABS-Rio
  • 11. Homero Sodré, consultor de vinhos
  • 12. Jocelyn Sodré, professora de vinhos da Universidade Estácio de Sá
  • 13. Roberto Rodrigues, diretor da ABS Rio
  • 14. Ed Arruda, Sommelier chefe do Copacabana Palace
  • 15. Ramon Justino, Sommelier bi-campeão do RWFF 2015 e 2017
  • 16. Wallace Neves, Sommelier campeão do RWFF 2016
  • 17. João Pedro Lamonica, Sommelier campeão do RWFF 2013
  • 18. Giancarlo Pochettino, Gerente de A&B da Rede Windsor
  • 19. Marcelo dos Santos, Sommelier do Mr Lam
  • 20. Rodrigo Moura, Sommelier e diretor da ABS-Rio
  • 21. Joseph Morgan, diretor da ABS-Rio
  • 22. Paulo Decat, diretor da ABS-Rio
  • 23. Raphael Zanon, Sommelier do Satyricon
  • 24. Eduardo Ferreira, Sommelier do Fasano
  • 25. Gabliela Poletto – Ibravin

Os organizadores estão mais do que surpresos com a quantidade de vinhos que serão avaliados esse ano. Sem dúvida, uma prova do grande desenvolvimento do vinho nacional.

“Sempre destaco o quanto é fascinante acompanhar a evolução qualitativa dos nossos vinhos, mas agora tenho que destacar minha surpresa com esse novo número alcançado”, relata Sergio Queiroz, promotor do evento.

E o melhor de tudo é que o resultado já será divulgado na semana que vem. Por isso, enoamigos, segurem a ansiedade, pois vem coisa boa por aí! A cerimônia de entrega dos certificados e medalhas acontecerá num evento superfestivo, com direito à Feira de Vinhos, onde os enófilos poderão degustar algumas das grandes revelações da grande prova.

sergioqueiroz
Sérgio Queiroz é Sócio-Diretor do Grupo Baco Multimídia e um dos organizadores do evento.

Já o resultado consolidado de todas as categorias será publicado no Anuário Vinhos do Brasil 2018, junto com o panorama do setor, tradicionalmente divulgado no início do ano. Como novidade, a versão digital chega para facilitar ainda mais a consulta: “Do celular, tablet e PC, o consumidor poderá escolher seu vinho, contando com a avaliação deste seleto time de jurados, podendo ainda, se desejar, esticar a leitura para conhecer as regiões, nossas IG’s, DO’s  e etc”, destaca Queiroz

galeria_13026_1103215814

O evento conta com o apoio do Ibravin, SEAPI (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul); e apoio institucionais das seguintes entidades: SindiVinho, Aprovale, Acavitis,  Agavi, Apromontes, Vinhos da Campanha, ABS-RJ  e Hotel Vila Galé.