Notas de Prova: Perdriel Series 2014, um Malbecão de Respeito

Atenção, Malbec Lovers, está aí um rótulo que me supreendeu superpositivamente. O Perdriel 2014, da Winebrands Brasil, é daquele tipo que chega chegando, com notas olfativas bem intensas. Perfeito para um churrasco ou simplesmente para harmonizar com aquele bate-papo descontraído.

Como sou daquelas que adora ler um contrarrótulo, logo de cara fui tomada por uma grande expectativa, sobretudo pelo mesmo mencionar que o vinho em questão provinha de um vinhedo centenário, com videiras que vão dos 50 aos 80 anos de idade. E não decepcionou!

NOTAS DE PROVA

VISUAL: Vermelho-Rubi, com nuances violáceas. Límpido, com leve opacidade.

OLFATO: Forte presença de ameixas, frutas vermelhas maduras, defumado, tabaco, especiarias, canela, cravo, além de uma mineralidade intrigante, difícil de ser encontrada em outros malbecs da mesma região. 

whatsapp-image-2017-10-30-at-10-16-41.jpeg

BOCA: De médio corpo, em boca é muito agradável, com taninos redondinhos, muito equilíbrio e persistência. 

HARMONIZA COM.. pratos à base de carnes vermelhas e queijos de massa mole. Pede gordura!

UM POUCO MAIS SOBRE A MALBEC

Malbec é uma variedade de uva tinta nativa do sudoeste da França (sobretudo da área em torno de Cahors). Porém, foi na Argentina que esta casta ganhou fama, mais especificamente em Mendoza, região responsável por qualificar a Malbec como uva mais representativa dos porteños, tendo-os colocado definitivamente no mapa do vinho mundial.

malbec-261-1-1

A Malbec geralmente amadurece no meio da estação de crescimento e produz uvas pequenas e intensamente pigmentadas. Como é tão sensível ao seu ambiente crescente, o nível de amadurecimento tem um efeito considerável na estrutura do vinho. No geral o os Malbecs franceses tendem a ser mais carnudo, rústico e tânico, enquanto os exemplares argentinos são igualmente ricos, maduros, intensos e suculentos. Em ambos os lados do Atlântico, os vinhos Malbec geralmente são envelhecidos em carvalho para melhorar sua estrutura e potencial de envelhecimento.

FINCA PERDRIEL

Há mais de cem anos foi fundado em Mendoza o primeiro vinhedo da Bodega Norton, o Finca Perdriel. Este vinhedo se caracteriza por ter a superfície do solo mais fina que a média da região, o que diminui a capacidade de retenção da água. Por este motivo, as uvas do vinhedo Perdriel são altamente concentradas, produzindo vinhos encorpados de cor intensa, saborosos e com alta capacidade de guarda.

PERDRIEL-WINES

O Perdriel Series 2014 é elaborado 100% com uvas Malbec, sendo amadurecido em barricas de carvalho de 1º e 2º uso, além de 10 meses em garrafa antes de ir para o mercado. Apesar do teor alcoólico de 14,3%, há um equilíbrio notório entre acidez, taninos e alcoolicidade.

Esse vinho está à venda aqui, no site da WineBrands Brasil. 


Então é isso, enoamigos, começando a semana a todo vapor. Semana curtinha, é verdade! Mas com muito estudo  e vinho pela frente!

Até a próxima! Ótima semana! Ótimos Vinhos! Tim-Tim!

*Esse artigo expressa minha opinião sincera sobre o produto em questão.

Anúncios

Wine Institute Inaugura Sede em São Paulo

No último dia 8 de novembro foi inaugurado em São Paulo mais uma sede do Wine Institute, escola argentina com sólida expertise em formação vitivinícola na América Latina. Entre os cursos que já se encontram disponíveis na filial brasileira estão “Cartas e Harmonizações”, “Sommelier” e “Azeite de Oliva”.

A parte profissionalizante se inicia em março de 2017, informou a instituição, que nasceu das mãos de Analía Videla e se difundiu tanto em províncias na Argentina quanto no exterior, em países como Chile, Cuba e, agora, Brasil.

10502037_860039617357556_4928653707607977050_n

Essa nova empreitada corresponde ao processo de internacionalização da Wine Institute, cujas capacitações são especialmente direcionadas às áreas de sommelier, marketing e comercialização de bebidas alcoólicas, enologia e produtos tais como azeite de oliva, cervejas, entre outros.

A sede em São Paulo, uma das cidades mais enogastronômicas do Brasil, contará com cursos curtos e ágeis que representam um pouco do espírito inovador da escola, que incentiva seus alunos a explorarem novos horizontes, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Assim como no Chile e na Argentina, as aulas terão uma abordagem moderna, com ênfase na prática, que é uma das principais características da Wine Institute.

O lema da Wine Institute é “estudar, participar, trabalhar, viajar”. Sua formação envolve o estudante diretamente com a viticultura em âmbito internacional, por meio de viagens a algumas das principais regiões vinícolas do mundo.

“Temos notado um crescente interesse por parte dos brasileiros em conhecer, viajar e entrar em contato com o mundo do vinho em todos os seus aspectos. Isso nos impulsionou a aprofundarmos essa parte de vivência em nossas capacitações”, disse Analía Videla, fundadora e diretora geral da Wine Institute.

Analía ressaltou, ainda, que a ideia de abrir uma sede no Brasil também diz respeito à crescente demanda de seu setor gastronômico e vitivinícola, sobretudo no que tange à formação de profissionais. “É necessário se qualificar com base nos padrões internacionais de qualidade. Com esse objetivo em mente a Wine Institute criou um formado educativo de alto nível, que se estende a todos os nossos escritórios na América Latina”.

Serviço: a Wine Institute Brasil fica na Casa da Travessa, Rua Dr. Estevão de Almeida, 40 Perdizes, 05014-010. (11) 3966-8212, e-mail: info@wineinstitute.com.br

Referência: http://www.sitioandino.com.ar/n/215975/


Acredito que a propagação dessas escolas de formação, muitas internacionalmente conhecidas, como a International Sommelier Guild é uma prova da importância que o Brasil tem adquirido no mundo do vinho.

Os enófilos e profissionais querem estudar e buscam por uma bagagem que ultrapasse a prática do dia a dia em lojas, hotéis e restaurantes. Sem falar na expansão do nosso terroir, que já abrange vinhedos em regiões nunca antes imaginadas, como São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco, Goiás e Minas Gerais.

4764540278_7e92c14aec

Isso me deixa muito otimista com relação ao cenário vinícola brasileiro nos próximos 10 anos. Apesar da crise, é um dos setores que se mostra mais promissor, tanto na vitivinicultura quanto no enoturismo e gastronomia.

Pois é, em breve o Brasil vai dominar os livros sobre o mundo do vinho. Pelo menos, assim espero!

Semana curtinha, com gostinho de quero mais. Ando um pouco atarefada, estudando muito para a minha formação na Sommelier School. Porém, sempre que dá, encontro um tempinho para deixar vocês a par de todas as novidades.

Boa quinta! Ótimos Vinhos! Tim-Tim!

Belas Imagens de Mendoza no Inverno

Sou uma entusiasta do inverno, dessas que acompanha a meteorologia torcendo por uma frente fria. Em Mendoza (Argentina), a estação chegou com vinhedos branquinhos, como nessas belas fotos que separei para vocês:

MENDOZA NO INVERNO: PURO ENCANTAMENTO

 

mendoza_0_73-9727
Imagem: Uugeo

Continuar lendo “Belas Imagens de Mendoza no Inverno”