Wine Drinks: Prosecco, Amoras e Um Toque de Alecrim Dá o Tom da Primavera

Viníferos, hoje trouxe wine drink inédito e que tem tudo a ver com a Primavera. Quem me conhece sabe da minha paixão por ervas aromáticas. Amo todas! Ultimamente tenho cultivado vasinhos aqui em casa e esta semana, por coincidência, fui presenteada com um de alecrim, que na minha opinião, é um dos mais perfumados. Sem falar que dá um up no humor, sendo utilizado, inclusive, para tratar a depressão.

ALECRIM: PERFEITO PARA DAR UMA BOSSA NOS DRINKS

Sendo assim, nada melhor do que reunir alecrim e um belo drink com vinho, do tipo refrescante, que tem tudo a ver com a estação! O alecrim é uma das ervas que mais combina com coquetéis. Se você colocar no fogo com água e açúcar, vira um xarope aromático capaz de incrementar qualquer mistura.

blackberry

O wine drink de hoje chega com um toque doce e herbáceo, combinados à efervescência do Prosecco, vinho italiano produzido com a uva Glera. Anote a receitinha!


Ingredientes:

2 xícaras de amoras frescas
1/4 de xícara e mais 2 colheres de sopa de açúcar
2/3 de xícara de água
1.5 colheres de sopa de alecrim fresco finamente picado
1 (750 ml) garrafa Prosecco (vinho branco espumante italiano), gelada
Para enfeitar: raminhos de alecrim frescos e amoras

Modo de Fazer:

Misture as amoras, o açúcar, a água e o alecrim em uma panela pequena. Mexa até engrossar e reduzir em cerca de dois terços, durante cerca de 20 minutos.

Despeje numa peneira e coe sobre uma jarra de vidro e deixe repousar por 5 minutos (deve sobrar cerca de 1/3 de xícara). Descarte os sólidos. Cubra a jarra e coloque na geladeira.

Divida o Prosecco entre 6 pequenas flautas e, em seguida, despeje 1,5 xícaras de xarope em cada bebida. Voilá! Surpreenda seus convidados!


Então é isso, pessoal! Fim de semana com amigos e drinks é tudo de bom! Ah, e se você quiser cultivar alecrim na sua casa, descobri que eles gostam de muita água! Portanto, regue todos os dias. Afinal, nada como poder colher os próprios temperos.

Até a próxima! Ótimos Vinhos e Drinks! Tim-Tim!

Referência: http://www.bradfordgreenhouses.com

Anúncios

Wine Drinks: Refrescante de Romã Com Prosecco

Ah, vocês pensaram que não iria rolar receita de winedrink hoje, né? Ledo engano! A de hoje já estava guardadinha há tempos e eu não via a hora de soltar logo por aqui.

Trata-se de uma receita refrescante e que combina perfeitamente com o verão. Sabe aquela frutinha vermelhinha, a Romã? Ela voltou à moda com tudo e tem protagonizado uma série de coquetéis inesquecíveis, inclusive os nossos amados winedrinks.

pomegranate-champagne-cocktail-recipe-wine-folly

Além de ter um azedinho delicioso, ficam lindas dentro da taça! Ideal para servir como aperitivo para os amigos. O povo vai ficar de boca aberta!

Para fazer esse drink, vamos usar um xarope de romã superfácil de fazer em casa. Com apenas uma colher de chá por copo você prepara um drink refrescante e doce, sem ser enjoativo (a romã tem esse poder!).

Aqui no Brasil, as romãs são a cara do verão (tanto que existe um milhão de simpatias de fim de reveillon com ela..rsrs). Essa receita encanta por sua simplicidade e complexidade de sabores. É frutado e ao mesmo seco. Sutil e elegante. Delícia!

ANOTE A RECEITINHA E SEJA FELIZ

Ingredientes:

  • 1 xícara de açúcar
  • 1 xícara de água filtrada
  • 1 Romã das grandes
  • 1 garrafa de Prosecco

Obs: o xarope de romã caseiro rende bem, dá para umas 50 porções. No entanto, uma garrafa de Prosecco só serve 5 pessoas. Fique ligado!

Receita de Xarope de Romã Caseiro

  • Retire as sementes da romã e reserve.
  • Numa panela, faça o xarope de açúcar normal, misturando a água com o açúcar em fogo (médio) até que o mesmo se dissolva. 
  • Adicione cerca de 1/2 das sementes de romã na panela e deixe cozinhar em fogo baixo por 5 minutos antes de esmagá-las com um garfo ou um amassador de batatas. 
  • Desligue o fogo e deixe a mistura descansar por cerca de 5 a 10 minutos e reserve o líquido.

pomegranate-simple-syrup

DICA: Quando se está preparando esse xarope, é possível notar que as sementes de romã acrescentam um ligeiro amargor ao líquido (afinal, são azedinhas). Para neutralizar isso, adicione cerca de 15 pimentinhas durante o período de descanso. Não é suficiente para suprimir os aromas, apenas o suficiente para incluir uma pitada de especiarias capaz de resolver a questão do amargor. Fica ótimo!

PREPARANDO O COQUETEL

Coloque 1 colher de chá de xarope de romã no fundo de uma taça tipo flûte e cubra com uma colherada de romãs frescas. Na hora de colocar o espumante, incline a taça de forma a não agitar muito os ingredientes do fundo. E voilá! Saca só como é fácil!

pouring-champagne-cocktail


Então é isso, enoamigos! Amanhã é dia de colocar todas essas dicas em prática. E que flûte linda essa da foto, hein? Mas o que eu queria mesmo era comprar uma taça de espumante estilo tulipa, que está superdifícil de encontrar para a venda. Se alguém souber onde tem disponível pode me avisar. Acho esse modelo lindo de tudo.

Outra coisa muito lindinha que vi e combina demais com esse artigo é um bonsai de romã. Gente, é fofo demais! Vem com as frutinhas. 🙂

Boa sexta! Bom final de semana! Tim-Tim!

Referência: Wine Folly

Wine Drinks: Um Rossini Para Fazer Em Casa

Ontem, passeando pelo hortifruti, me deparei com caixinhas de morango bem mais em conta que há três meses atrás. Pois é, amigos, estamos na época dessa frutinha mágica, que combina tanto com os nossos amados vinhos finos. E, já que o fim de semana está chegando, nada melhor que surpreender os amigos com um delicioso Rossini! Acho perfeito como entrada ou Welcome Drink. Afinal, o espumante não deve ser degustado apenas no verão. Devido à sua versatilidade, o rei das borbulhas é ideal para qualquer ocasião. 

rossini

ROSSINI

É um drink italiano, elaborado em homenagem ao compositor do século XVIII, Gioachino Rossini, que criou 39 óperas, assim como diversos trabalhos para música sacra e de câmara. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão “O Barbeiro de Sevilha”, “A Cinderela” e “Guilherme Tell”.  

Ingredientes:

100ml de Prosecco ou Espumante Brut de qualidade (medida equivalente a um pouco mais da metade de uma taça flûte ou apropriada para vinho branco)

3 morangos frescos

Uma pitada de açúcar ou  3 envelopinhos de adoçante (para criar uma versão Diet). Eu faria a versão No Added Sugar, pois estou sempre de dieta. Sem falar que o morango é uma fruta pouquíssimo calórica. 

Modo de Preparo:

Amasse o morango e coloque uma pitada de açúcar ou os 3 envelopes de adoçante, misturando depois ao espumante. Sirva em uma elegante taça flûte ou de Vinho Branco e enfeite com um moranguinho na borda lateral. Fica um verdadeiro charme!

E aí, gostaram? Aposto que vai fazer sucesso entre os amigos. Sem falar que às vezes curto bebericar um drink desses sozinha mesmo, apenas para deixar meu dia mais belo e sofisticado..rs.rs..rs. Experimentem e depois me digam.

Tim-Tim! Santé! Salud! Proust! Cheers! 😀

Wine Drink: Um Bellini Para Fazer Em Casa

Sabadão e nada melhor que experimentar drinks com vinho. Esse eu já testei em casa e, sem dúvida, é um dos meus preferidos. Facílimo de fazer, o Bellini vai superbem como welcome drink para as suas visitas. Chique e delicado, tem tudo para impressionar.

HISTÓRIA

Um drink que inspirou grandes artistas, o Bellini ficou famoso justamente pelas celebridades que passaram pelo balcão do Harry’s Bar, em Veneza, onde em 1945 Giuseppe Cipriani criou o famoso coquetel, que fora batizado com o nome Bellini três anos depois.

23427667510_3c820edd1f_b

Entre os frequentadores, estavam simplesmente nomes como Ernest Hemingway, Arturo Toscanini, Charles Chaplin, Winston Churchill, Sumerset Maughan, Marcelo Mastrianni, Humphrey Bogart, Lauren Bacall, Pablo Picasso e Truman Capote, entre tantos outros.

Há várias histórias sobre a origem do nome Bellini. Algumas fontes dão cota de  que o coquetel fora batizado desta forma em homenagem a dois diferentes pintores venezianos renascentistas. Uma delas indica Jacopo Bellini (1400 – 1470). Outras, já indicam o pintor Giovanni Bellini (1436-1516) como fonte de inspiração. Enfim, toda essa confusão torna o coquetel ainda mais interessante.

Vamos para a receitinha! Anote:

BELLINI

Ingredientes:
– 100 ml de Prosecco ou Espumante Brut
– 500ml de purê de pêssego (suco de caixinha também vale – prefira as versões sem açúcar)

A receita original pede o uso da polpa de pêssegos esmagadas e feita como um purê, misturada com o Prosecco. Se não encontrar um bom Prosecco, substitua por Espumante Brut. Tudo feito lentamente de modo a não causar perda excessiva de gás do espumante. Em seguida, deve ser servida em taça flûte.

Aqui em casa, usei um suco de pêssego de caixinha, do tipo light (sem açúcar). Mas, com certeza a versão original deve ser muito melhor! Porém, nem sempre está na época do pêssego e fica meio difícil encontrá-lo in natura. Aí, basta improvisar e desfrutar.

Que tal testar nesse fim de semana? Acredito que seja possível elaborar esse coquetel com qualquer tipo de espumante, apesar da receita original pedir Prosecco. Como em todos os Wine Drinks, o que vale é exercitar a criatividade.

Tim-Tim! Salute! Proust! Santé! Cheers!