Wine Drinks: Clericot Tropical Para Alegrar o Seu Verão

Amigos, depois de muito estudo nas minhas aulas da International Sommelier Guild, finalmente consegui um tempinho para garimpar mais um Wine Drink para vocês. Dessa vez, a minha inspiração veio dos coquetéis de verão, para beber na piscina, na praia (por que não?), enfim, nos encontros com os amigos, seja ou não à beira mar.

dreamstime_l_12852010-e1336749048377

E hoje me deparei com essa receita sensacional para aguçar os sentidos, inclusive na ceia de natal. Como Welcome Drink, é perfeito! Trata-se de uma White Sangria Tropical. Aqui, a dica é usar um vinho branco fresco e de boa acidez (ou seja, não vale Chardonnay, muito menos aqueles exemplares barricados). Na boa, quero fazer essa receita com um vinho verde. Tenho certeza de que vai ficar no ponto. Porém, acredito que também funcione com Sauvignon Blanc, Riesling e Pinot Gris.

Bora anotar a receitinha!

Ingredientes:

  • 1 Garrafa de Vinho Branco leve e de boa acidez (Vinho Verde, Sauvignon Blanc, Pinot Gris, Riesling…)
  • 1 xícara de Suco de Frutas Tropicais (abacaxi, pêssego, manga…)
  • 2 xícaras de suco de uvas brancas 
  • 1 laranja cortada em rodelas finas
  • 1 limão cortado em fatias
  • 1 maçã verde cortada
  • 2 pêssegos frescos cortados em 8
  • Se curtir, adicione também algumas fatias de pepino
  • Incremente com folhas de hortelã

Modo de Fazer:

Encha uma jarra com todos os ingredientes e deixe marinar por algumas horas, a fim de extrair o máximo de sabor. Coloque na geladeira, para manter bem geladinho. Sirva com bastante gelo. 


Mais uma receitinha simples e cheia de bossa. E tenho certeza de que você vai acabar tendo que distribuí-la para todos os convidados, pois é sucesso na certa! Eu me animei de preparar nas confraternizações de fim de ano.

12171

Então é isso, galerinha da enofilia! Sexta-feira, dia de relaxar, ainda mais após uma semana agitada como foi essa última.

Boa sexta! Bons vinhos! Tim-Tim!

Referência: http://www.cocktaildeeva.com/

Anúncios

Wine Drinks: 3 Sangrias Irresistíveis Para Curtir no Verão

Pois é, amigos, hoje é sexta e a galera já estava aqui me cobrando a receitinha de hoje. E para alegria dos enófilos de plantão, trouxe 3 ideias muito bacanas de sangrias elaboradas com vinho branco. Coisa fina, para apreciar com os amigos ou a dois, na companhia daquela pessoa superespecial.

Essas sangrias moderninhas carregam um charme à parte, pois são preparadas com ingredientes que saem um pouco do lugar comum das “frutinhas da época”. E, em se tratando de verão abafado e muito quente, como o daqui do “Hell de Janeiro”, a dica é gelo, gelo, muito gelo! Delícia!

Então, vamos parar de blá-blá-blá e bora às receitinhas:

1- Sangria de Romã e Alecrim, por Bakeaholic Mama

sangria1

Ingredientes:

  • 1 garrafa de vinho branco seco
  • 3/4 de xícara de romã
  • 4 ramos de alecrim fresco
  • 1/4 xícara de xarope de açúcar ou mel (esse xarope meu irmão aprendeu a fazer com um barman, é super simples: só ferver um pouquinho de água com açúcar até dissolver. Ele usa muito em margaritas. Fica 10, pois quebra o azedo do limão. Nesse caso, deve dar uma suavizada na romã). 
  • Suco de 1 limão
  • Suco de 1 laranja
  • 1/4 de xícara de Triple Sec (é o tal do licor de laranja, estilo Cointreau)

Modo de Fazer:

Numa jarra, adicione os ingredientes e deixe na geladeira por 24 horas. Sirva com gelo.

2- Skinny Girl Sangria Por Linda Wagner 

img_0652-894x1024

Ingredientes:

  • 2 garrafas de vinho branco ( a Linda usou 1 de Sauvignon Blanc e outra de Vinho Verde)
  • 2 pêssegos maduros cortados
  • Framboesas a gosto (se não tiver, vale morango)
  • 2 kiwis
  • Vários raminhos de hortelã
  • adoçante Stevia a gosto

Modo de Fazer:

Numa jarra, misture as garrafas de vinho, as frutas fatiadas e o adoçante, até que o ponto de doçura fique de acordo com o seu gosto (aqui eu não usaria nem açúcar e nem adoçante, pois a acidez dos vinhos com as frutas, para mim, já seria o suficiente. Porém, algumas pessoas preferem mais docinho).

Deixe na geladeira por pelo menos 1 hora, para que os sabores se concentrem. Em um dia muito quente, também vale congelar algumas frutas antes de adicionar na sangria. Elas agem como cubos de gelo refrescantes e deliciosos.

3- Sangria de Vinho Branco com Melão e Kiwi, Por Floating Kitchen

honeydew-kiwi-sangria-4

Ingredientes:

  • 2 xícaras e 1/2 de Melão maduro em Cubos
  • 1 xícara de vinho branco seco (a Liz usou um Chardonnay)
  • 1/2 xícara de conhaque
  • 1/4 xícara de tequila
  • 3 kiwis descasacados e cortados
  • 1 limão, cortado em fatias
  • 1 xícara de água com gás ou club soda
  • Folhas de hortelã para decorar

Modo de Fazer:

Adicione 1 xícara e 1/2 de melão e 1/4 de vinho branco no liquidificador. Bata por 2 minutos. Transfira o purê para uma jarra grande. Em seguida, adicione o restante do vinho, o conhaque e a tequila, bem como as fatias de kiwi, limão e o restante do melão em cubos. Cubra a jarra e deixe na geladeira por pelo menos 2 horas. Antes de servir, misture suavemente o club soda ou água com gás. Divida em copos ou taças, lembrando de adicionar algumas frutas para cada copo. Se desejar, decore com folhas de hortelã.


Espero que tenham curtido as receitinhas de hoje e, aguardem, pois pretendo garimpar mais dicas refrescantes para esse verão. Afinal, ultimamente o que mais tenho consumido em casa são vinhos brancos e espumantes.

Boa sexta! Bom final de semana! Tim-Tim!

Wine Chef: Massa de Pastel de Vinho Branco

É isso mesmo que você leu, meu caro enófilo de plantão. O nosso pastel de cada dia elaborado com o mais puro néctar dos deuses.

Quem não gosta de pastel? Seja na feira livre, no Chinês, na Praia, na Padaria…Hummmm… Trata-se, sem dúvida, de uma iguaria que caiu rapidamente no gosto dos brasileiros. E, ao contrário do que muitos pensam, o Pastel não foi criado em terras tupiniquins.

empanada-592359_640
Pastel Tradicional, com cara de Chinês. O famoso “Sorriso”!

ORIGEM DO PASTEL

O pastel, como hoje conhecemos no Brasil, se difundiu na década de 40 por meio dos descendentes de imigrantes japoneses em Santos (SP), que levaram a receita para todo o estado. A receita rapidamente se espalhou por São Paulo e depois pelo resto do país, sendo ainda na década de 40 um dos alimentos mais consumidos na região, sendo vendido tanto em feiras livres quanto em pastelarias. Na década de 50, o costume de comer pastéis, enfim, chega às cidades de Rio de Janeiro (RJ) e Belo Horizonte (MG).

pastel-1
Quentinho não tem igual!

Na década de 60, o costume se espalhou para o sul do país, sendo em 1962 fundada a primeira pastelaria da cidade de Maringá (PR), espalhando-se o costume para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante a década de 1970, quando foi criada a primeira pastelaria de Blumenau (SC).

Quer aprender a fazer essa delícia? Então, anote a receitinha de hoje e bora exercitar os dotes culinários:

Ingredientes

Massa

  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 colheres (sopa) de margarina
  • 2 colheres (sopa) de banha
  • 1 gema
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco
  • 1 colher (sopa) de água

Recheio

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 1 tomate picado
  • 500 g de camarão limpo
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de amido de milho
  • Óleo para fritar

Rende 30 unidades

Deve ficar uma delícia! Ótimo para saborear com uma taça de vinho do lado. Aí, a gente harmoniza de acordo com o recheio. Esse de camarão deve ficar perfeito com Chardonnay. Sensacional! 

ATUALIZADO (27-12-2016)

PREPARAÇÃO PARA O RÉVEILLON

Amigos, o fim do ano está aí e nem sempre é costume fazer ceia de Réveillon. Conheço muita gente que simplesmente faz um jantar ou alguns “belisketes”. O pastelzinho, nesse caso, pode render bastante quando modelados em tamanho menor (ou coquetel, como dizem por aí…). 

No verão uma boa pedida é saboreá-los com espumante brut ou rosé, visto que as borbulhas são superversáteis quando se trata de comida. Tudo porque, geralmente, os recheios variam muito em uma única festinha: carne, queijo, camarão, frango (queijo e presunto)… e tem um que eu adoro, que faz parte do cardápio de um Bar especializado aqui na minha cidade: salmão com cream cheese! Bom demais! 

Ah, e sem falar que com esse calor esse tipo de iguaria cai muito bem com a efervescência geladinha do espumante. Sabe quando você tem vários pratos diferentes e não sabe com o que harmonizar? As borbulhas são verdadeiros coringas. Invista sempre nelas!

Então é isso, enoamigos! Curtam bastante os últimos momentos do ano. Agradeça pelas conquistas e felicidades e esqueça o que foi ruim. Afinal, em breve, começa uma nova etapa. Vem, 2017!

Bons Vinhos! Bom ano novo! Tim-Tim!

Referência: Comida e Receitas

Wine Drinks: Um Riviera Para Agitar o Seu Fim de Semana

Há tempos estava em busca de uma receitinha de Wine Drink com Rosé. Afinal, como vocês bem sabem, sou apaixonada por esse tipo de vinho, que tem tudo a ver com coquetéis. Por isso, hoje trouxe um exuberante Riviera para você chamar de seu.

5xzjw7p1i4o4h3tl7bzjzovud

Aproveita que hoje é sexta e se joga nessa receitinha que vai bem em qualquer happy hour.

Anota aí:

Ingredientes:

80 ml de vinho rosé
20 ml de licor Mandarino
6 cubos pequenos de tangerina
2 cerejas picadas
10 ml de vodca de boa qualidade 

Modo de Preparo:

Em uma taça tipo flûte (ou própria para vinho branco) coloque 2 pedras de gelo e, em seguida, as frutas, o licor, a vodca e o vinho. Misture bem e decore com uma cereja.

Rende 1 drink.

Adorei! Fica lindo! Mas, particularmente, eu não faria em flûte. Prefiro a taça própria para vinho branco, pois para mim é a que mais combina com o meu queridinho rosé.

Boa sexta! Bons vinhos! Tim-Tim!

Fonte: Ig

Seleção de Wine Drinks Para Alegrar o Happy Hour

Fim de semana e nada como reunir os amigos para um happy hour regado a vinhos e Wine Drinks. Por isso, atendendo a pedidos, decidi juntar todas as nossas receitinhas em um único post. Tudo para você escolher suas bebidas favoritas e se organizar desde já. 

7423460094_b60cd69017_z
Kir e Kir Royal

Afinal, segunda-feira é quando a gente se anima para convidar a galera e se preparar sexta e o sábado à noite. E nada como poder providenciar tudo com antecedência.

arise my love
Arise My Love

Então, que tal ter a sua própria carta de coquetéis à base de vinho e fazer tudo no aconchego do seu lar? Não perca tempo e confira as receitas abaixo. Basta clicar em cada um dos links e correr para o abraço!

o-clericot-leva-maca-uva-morango-abacaxi-e-espumante-brut-1436288843287_615x470
Cleriquot de Sauvignon Blanc
boiled-1380146_640
Vinho Quente

 

chard-iced-inside
Chardonnay Ice Tea

 

Sob medida para começar os trabalhos, hein? Depois de preparar seus Wine Drinks, não se esqueça de postar as fotos no instagram, utilizando as hashtags #vilavinifera e #minhacartadewinedrinks . Só de pensar já me deu vontade!

Bons drinks! Tim-Tim

Wine Drinks: Aprenda a Fazer um Ponche dos Deuses

Até que enfim, sexta! Dia de anotar a receitinha do seu coquetel vinífero. E quando se trata de festa, eu lembro logo do Ponche, um dos drinks mais fáceis e práticos de se fazer. Basta colocar a bebida em um jarro de vidro ou cristal (de boca larga) e deixar que seus convidados se sirvam com uma concha.  Apesar de simples, acho superchique!

Caderninho em mãos? Então, vamos lá!

Ingredientes:

  • 5 tipos de frutas (cuidado com as combinações): sugiro uva, morango, cereja, pêssego e pera. 
  • 2 garrafas de vinho branco bem gelado (Riesling ou Sauvignon Blanc)
  • 1 garrafa de Espumante Demi-Sec gelada 

Modo de Preparo

Corte as frutas e junte todas em um jarro grande e transparente, de boca larga. Acrescente as 2 garrafas de vinho branco e a de espumante demi-sec (todas bem geladas) . Sirva com uma concha. 

537512-kick-off-the-festive-season-with-some-fantastic-fruit-punches
Imagem: IFood TV

Gosto muito dessa receita. É ideal para comemorações e ao mesmo tempo simples ao ponto de também fazer bonito em reuniões mais íntimas. Com certeza, impressiona. Afinal, aqui no Brasil não é tão comum, por isso, não deixa de ser diferente.

O fim de semana está aí, então, curta muito com amigos e bons vinhos!

Até a próxima! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Wine Drinks: Vinho Quente Para Curtir o Friozinho

Com o fim do El Niño, as massas polares começam a pegar o Brasil de jeito, derrubando as temperaturas. Logo, inspirada no friozinho, hoje trouxe um “drink” tradicional em diversos países. Aqui no Brasil, combina perfeitamente com o inverno e as festas juninas. Sim, é ele, o VINHO QUENTE! 

boiled-1380146_640

HISTÓRIA

O vinho quente foi criado pelos romanos no século II d.c, inicialmente para protegê-los do intenso frio do inverno.Como eles conquistaram diversos países da Europa, acabaram levando para essas regiões toda a sua paixão pelo Mulled wine, como a bebida também é chamada

  • Idade Média

Na Idade Média é que o Mulled Wine passou a ganhar popularidade, visto que as pessoas acreditavam que a mistura de especiarias no vinho era saudável e evitava a proliferação de doenças. Também era comum usar ervas e flores com o intuito de melhorar os vinhos ruins, tornando-os um pouco mais agradáveis. Com o tempo, a moda do vinho quente acabou desaparecendo na maior parte da Europa, com exceção da Suécia. Lá, ele é conhecido como Claret (vinho Rhen, açúcar e especiarias) ou Lutendrank (especiarias, vinho e leite). Ambas as variedades ficaram famosas por serem muito consumidas pela corte sueca. 

  • Natal, Festa e Papai Noel

Mas a virada mesmo veio em 1890, quando o vinho quente passou a ser associado ao Natal. Cada comerciante tinha sua própria receita e a engarrafava em lindos exemplares em formato de Papai Noel. A partir daí, a bebida ganhou o mundo, com diversas versões, que incluem vinhos tintos e brancos. Acaba que cada país possui seu próprio modo de preparo. 

Quer fazer essa delícia na sua casa? Então, anote aí:

VINHO QUENTE

Você vai precisar de:

  • Duas garrafas de vinho tinto leve (Pinot Noir e Merlot são ótimas opções).
  • 2 doses de Vinho do Porto
  • Laranjas cortadas em 5 partes, espetadas com cravos da índia.
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 colher de chá de noz moscada
  • 2 a 3 colheres de açúcar mascavo , de acordo com o seu gosto

Modo de Preparo

Aqueça todos os ingredientes em uma panela em fogo brando por 20 minutos. Certifique-se de não deixar o líquido ferver, a fim de que o álcool da bebida não se evapore. Após aquecida, coe a mistura e coloque em uma bela jarra para servir.

mulled-wine-972827_1280

Deve ficar uma delícia, hein? Quero muito aproveitar a temporada de frio para fazer e curtir esse “Wine Drink” que já chega carregado de história. Tim-Tim!