O Sommelier Milionário

Contos & Crônicas do Sommelier André Ribeiro episódio de hoje :

O Sommelier Milionário

Nikolas nasceu em uma família muito rica. Seu pai tinha várias fazendas de gado e sempre quis que ele tocasse os negócios; Nikolas estudava administração na melhor faculdade de São Paulo. E foi aí que tudo mudou… ele morava em um luxuoso apartamento ao lado de uma loja de vinhos, onde começou a degustar e apreciar vinhos… fez o curso de Sommelier escondido do pai e o concluiu, recebendo uma das melhores notas, ficando em segundo lugar em uma turma de 200 alunos.

Criando coragem, foi para casa nas férias da faculdade… uma grande fazenda em Minas Gerais, e o seu pai o recebe com grande alegria, abre um baita vinho para os dois. O pai lhe conta sobre os grandes avanços nas fazendas; os negócios estavam indo super bem e disse ao seu filho que quando ele se formasse iria assumir a administração das fazendas. Ele então revelou ao pai o seu grande sonho… “Papai eu quero ser Sommelier, não gosto do trabalho no escritório… pensei no senhor, vou abrir uma loja de vinho para eu administrar…” O pai irritado falou: “Sommelier… o que? Você está ficando doido! Eu pago uma fortuna na sua educação pra você vender vinho! Está maluco? Está usando drogas? Bem que a sua mãe dizia que esse negócio de ir estudar em São Paulo era um bocado perigoso! Muita gente doida sem ter o que fazer, estão influenciando sua cabeça!” Nikolas baixou a cabeça e respondeu “Meu pai, se é assim que o senhor quer, assim será feito.”

Na manhã seguinte bem cedinho ele fez as suas malas e se mandou, deixando uma carta que dizia “Pai, eu te amo, mas preciso seguir o meu sonho.”
Em São Paulo, Nikolas arrumou um emprego como Sommelier e alugou um apartamento, aprendeu a viver duro e a comprar as suas coisas com o suor do seu trabalho. Tudo ia bem, ele estava destacando-se entre os colegas, tinha uma extrema educação e todos o adoravam. Começou a escrever para uma revista sobre vinhos e assinava as matérias como Sommelier X porque sabia que se o seu pai descobrisse aonde ele estava certamente lhe faria perder o emprego.

Seu pai colocou um detetive para descobrir onde Niko estava e nada… até que um dia a televisão estava documentando uma feira de vinhos e ele viu ao fundo o seu filho. Comunicou ao detetive que foi até o local e comprou o mailing da feira. Achou o cadastro do Niko e o local onde ele trabalhava.

A loja ficava em frente a uma praça onde o seu pai desceu de helicóptero, debaixo de olhares curiosos. Quando Nikolas escutou o burburinho, correu até a porta e reconheceu a aeronave do seu pai, que já desceu esbravejando e gritando “eu não admito que meu filho trabalhe nessa espelunca! Quanto vocês querem nessa loja? Eu compro! me fala o valor!”, dizia aos berros, discutindo com a dona da loja que, assustada, sem saber ao certo o que estava acontecendo, pedia calma ao homem.

No meio da confusão, Nikolas fugiu pela saída dos fundo e ninguém mais ouviu falar dele. Atualmente, trabalha em uma loja de vinhos na Barra da Tijuca. Às vezes liga para o seu pai com um chip avulso mas ele ainda não aceita a sua escolha. Niko vive como um fugitivo, não tira fotos, seu Facebook é um fake e a imagem do perfil é do seu ídolo – o crítico de vinhos Robert Parker. Quem sabe um dia você não foi atendido pelo Sommelier milionários….

Nota: os nomes usados são fictícios pois ele pediu para não revelar o seu verdadeiro nome…
#pordentrodovinho

Anúncios