Notas de Prova: Brindei ao Natal com Um Rosé Italiano (Aprovadíssimo!)

Enoamigos, acharam que não iriam me ver mais por aqui em 2017? Pois hoje cheguei para quebrar paradigmas. E quando a gente fala isso no mundo do vinho logo me vem um belo Rosé à mente! Ontem, inclusive, me surpreendi com os números apresentados pelo especialista Rafael Puyau no Wenbinar “O Futuro é Rosé“, apontando que, no Brasil, a quantidade de homens que apreciam a bebida já ultrapassa a das mulheres. Ou seja, essa história que “Rosé é vinho de mulherzinha” já caiu por terra há muito tempo.

WhatsApp Image 2017-12-27 at 13.54.17 (3)

Quem me conhece sabe que sempre fui fã dos rosados! Nesse Natal, escolhi um rótulo italiano frutado, descontraído e versátil, que recebi da Winebrands Brasil. E, antes que alguém me pergunte o porquê de sua versatilidade, afirmo que o vinho harmonizou com todos os pratos, do Tender ao Salpicão. Sem falar que o calor que tem feito aqui o Rio de Janeiro tem pedido cada vez mais por esse estilo de vinho, ideal para beber na piscina e à beira mar. 

WhatsApp Image 2017-12-27 at 13.54.17 (2)

STA CRISTINA CIPRESSETO ROSÉ 2015 – ANTINORI

Visual: Casca de cebola intenso e muito límpido.

Olfativo: Muito frutado, com notas de frutas vermelhas frescas, como cereja e framboesa.

Gustativo: Fresco, equilibrado, frutado, com nuances que correspondem ao nariz.

Fora as notas de prova, o rótulo dele é lindo e representa os ciprestes típicos da região da Toscana, na Itália. Elaborado, sobretudo, com a tinta mais importante da região, a Sangiovese, tem presença e personalidade. Ou seja, um rosé muito agradável, do tipo que não pode faltar na sua adega nesse verão e em todas as demais estações do ano.

Então é isso, meus amigos! Sem dúvida vocês vão me ver curtindo vários rótulos rosés nesse verão!

Aqui você confere 5 pratos que harmonizam perfeitamente com o néctar rosado!

E quer saber qual o espumante que vou brindar à chegada de 2018?

Já adianto que é um Rosé Nacional delicioso!

Confira o vídeo que fiz para o nosso Instagram Vila Vinífera.


Então é isso, galera do vinho! Continuem acompanhando a nossa saga em prol da democratização do vinho! Feliz 2018! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

  • Esse post reflete minha opinião sincera sobre o produto em questão.

7 Segredos Para Que Uma Garrafa de Vinho Sobreviva aos Dias de Calor

Vinho e calor nunca se deram bem. Não importa se é uma garrafa de Malbec, que está esperando para ser aberta na cozinha, ou uma de Chardonnay degustada pela metade. Quando se trata de termômetros beirando os 40º, ambas correm perigo!

4405741154_e9aac00dea_z

Confira, a seguir, alguns conselhos dos especialistas para cuidar dos vinhos naqueles momentos em que não temos uma adega climatizada à disposição.

  1. Quando faz muito calor, podemos guardar todos os vinhos na geladeira, desde que sejam para serem consumidos num curto prazo (naquela casa que você alugou para o feriado, por exemplo). Se não sabemos quando os vinhos serão degustados, convém encontrar um lugar fresco e bem escurinho, onde serão posicionados na horizontal, independente se são tintos, brancos ou espumantes.

2. Magdalena Pesce, Gerente de Marketing e Comunicação da Wines of Argentina, recomenda que, na geladeira, se posicione as garrafas nas prateleiras superiores. “É o melhor para os brancos e espumantes, pois mantém a temperatura mínima de 8ºC, ideal para a degustação desses exemplares. “O ideal é refrigerá-las 24 horas antes de abri-las. Nem um minuto a mais”, explica Magdalena.

vinos-2343969w640

3. Se no momento de ser consumido o tinto não estiver na temperatura ideal (entre 16°C e 18°C) ou se faz muito calor no ambiente, o melhor é deixar o mesmo esfriar por 45 minutos na geladeira. “Se possível, na prateleira da porta, visto que é o lugar onde faz menos frio”, detalha o enólogo Vicente Garzia, da Luigi Bosca. Aqui em casa, por exemplo, quando a vontade de degustar um tinto é grande, eu ligo o ar-condicionado (rs). Ou seja, calor nunca deverá ser desculpa para curtir uma boa taça de vinho.

4. Se as garrafas já estão abertas é geladeira, sem discussão! Mesmo que os espumantes consigam manter suas características entre 24 e 36 horas, os tintos mais encorpados devem durar, em média, até 5 dias, e os brancos leves perderão seu corpo em apenas 2 dias (no caso de exemplares mais complexos, como o Chardonnay, é possível ampliar esse prazo por até 4 dias).

8991050597_54861f23c1_z

5. Quando se trata de garrafas fechadas, se desejarmos que as bebidas amadureçam e melhorem com o tempo, o ideal é dispor de uma adega climatizada. Porém, se não der, é essencial encontrar um lugar na casa com temperatura fresca, que não ultrapasse os 14ºC. Aqui no Vila eu costumo recomendar que se posicione as garrafas na horizontal no chão mesmo, desde que o piso seja frio. Sabe aquele cantinho que não bate muita luz? É perfeito para isso! “Um espaço escuro, com pouca umidade e que não sofra mudanças de temperatura e nem tenha luz direta”, segundo Federico Bussoli, Gerente de Marketing da Vinícola Escorihuela Gascón. 

6. Outra dica é que o lugar deve estar longe da cozinha. Esse lugar pode ser um armário ou abaixo de uma escada.  “Um armário no banheiro, por exemplo, é uma péssima opção, visto que se trata de um lugar de muita umidade, que pode estragar o vinho” acrescenta Magdalena Pesce.

27239680910_5548b10332

7. Você sabia que há muito mais chances de uma garrafa de espumante explodir por conta do frio que do calor?  Se a esquecemos no freezer, assim como ocorre com a cerveja, o líquido com gás carbônico se congela e se expande, quebrando a garrafa”, explica Vicente Garzia.


Então é isso, galera da enofilia! Em se tratando da proximidade com o Carnaval, estas são dicas supervaliosas, sobretudo se você for viajar, ou levar seus vinhos para algum outro evento de folia.

Boa semana! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Referência: La Nación

Wine Drinks: Refrescante de Romã Com Prosecco

Ah, vocês pensaram que não iria rolar receita de winedrink hoje, né? Ledo engano! A de hoje já estava guardadinha há tempos e eu não via a hora de soltar logo por aqui.

Trata-se de uma receita refrescante e que combina perfeitamente com o verão. Sabe aquela frutinha vermelhinha, a Romã? Ela voltou à moda com tudo e tem protagonizado uma série de coquetéis inesquecíveis, inclusive os nossos amados winedrinks.

pomegranate-champagne-cocktail-recipe-wine-folly

Além de ter um azedinho delicioso, ficam lindas dentro da taça! Ideal para servir como aperitivo para os amigos. O povo vai ficar de boca aberta!

Para fazer esse drink, vamos usar um xarope de romã superfácil de fazer em casa. Com apenas uma colher de chá por copo você prepara um drink refrescante e doce, sem ser enjoativo (a romã tem esse poder!).

Aqui no Brasil, as romãs são a cara do verão (tanto que existe um milhão de simpatias de fim de reveillon com ela..rsrs). Essa receita encanta por sua simplicidade e complexidade de sabores. É frutado e ao mesmo seco. Sutil e elegante. Delícia!

ANOTE A RECEITINHA E SEJA FELIZ

Ingredientes:

  • 1 xícara de açúcar
  • 1 xícara de água filtrada
  • 1 Romã das grandes
  • 1 garrafa de Prosecco

Obs: o xarope de romã caseiro rende bem, dá para umas 50 porções. No entanto, uma garrafa de Prosecco só serve 5 pessoas. Fique ligado!

Receita de Xarope de Romã Caseiro

  • Retire as sementes da romã e reserve.
  • Numa panela, faça o xarope de açúcar normal, misturando a água com o açúcar em fogo (médio) até que o mesmo se dissolva. 
  • Adicione cerca de 1/2 das sementes de romã na panela e deixe cozinhar em fogo baixo por 5 minutos antes de esmagá-las com um garfo ou um amassador de batatas. 
  • Desligue o fogo e deixe a mistura descansar por cerca de 5 a 10 minutos e reserve o líquido.

pomegranate-simple-syrup

DICA: Quando se está preparando esse xarope, é possível notar que as sementes de romã acrescentam um ligeiro amargor ao líquido (afinal, são azedinhas). Para neutralizar isso, adicione cerca de 15 pimentinhas durante o período de descanso. Não é suficiente para suprimir os aromas, apenas o suficiente para incluir uma pitada de especiarias capaz de resolver a questão do amargor. Fica ótimo!

PREPARANDO O COQUETEL

Coloque 1 colher de chá de xarope de romã no fundo de uma taça tipo flûte e cubra com uma colherada de romãs frescas. Na hora de colocar o espumante, incline a taça de forma a não agitar muito os ingredientes do fundo. E voilá! Saca só como é fácil!

pouring-champagne-cocktail


Então é isso, enoamigos! Amanhã é dia de colocar todas essas dicas em prática. E que flûte linda essa da foto, hein? Mas o que eu queria mesmo era comprar uma taça de espumante estilo tulipa, que está superdifícil de encontrar para a venda. Se alguém souber onde tem disponível pode me avisar. Acho esse modelo lindo de tudo.

Outra coisa muito lindinha que vi e combina demais com esse artigo é um bonsai de romã. Gente, é fofo demais! Vem com as frutinhas. 🙂

Boa sexta! Bom final de semana! Tim-Tim!

Referência: Wine Folly

Wine Drinks: 5 Receitas de Coquetéis com Vinho Rosé

Quem me conhece sabe que não abro mão de um Rosé geladinho! E nem só de espumante e vinho branco vivem os coquetéis com nosso néctar sagrado. Sendo assim, hoje a série Wine Drinks traz receitinhas superfáceis e refrescantes elaboradas com o nosso néctar rosado. Anote e reproduza no recanto do seu lar.

  1. Sangria Rosé de Pêssego

peach-rose-sangria-3

Ingredientes

  • 1 garrafa de vinho Rosé (eu prefiro os no estilo da Provence, de cor salmão clara)
  • ½ xícara de licor de pêssego
  • 1 xícara de suco de pêssego
  • 1/3 xícara de xarope de açúcar (para fazer, é super simples: só ferver um pouquinho de água com açúcar até dissolver). 
  • 3 pêssegos em fatias
  • 1 xícara morangos cortados e framboesas

Modo de fazer

Em uma garrafa ou jarro, misture o vinho, licor, suco e xarope simples. Ajuste de acordo com seu gosto. Adicione frutas e leve à geladeira por várias horas. Sirva com gelo.

Receita by Julie’s Eats & Treats

2. Frosé

frozen-wine-cocktail-3

Ingredientes

  • 1 garrafa de 750ml de rosé (escolha um rosé seco)
  • ½ xícara de açúcar
  • ½ xícara de água
  • 250 gramas de  morangos, descascados e cortados
  • 60ml de suco de limão freco
  • 1 xícara de gelo
Modo de fazer
  • Despeje o vinho em uma assadeira grande e congele durante pelo menos 6 horas.
  • Leve a água para ferver. Adicione o açúcar e reduza o fogo enquanto mistura até o açúcar dissolver (nada mais nada menos que a receita do xarope de açúcar).
  • Adicione os morangos no xarope e misture bem. Deixe que a mistura descanse por cerca de 30 minutos.
  • Coe o xarope com morango em uma peneira e retire as frutas, não precisa amassar! Refrigere a calda por 30 minutos.
  • Coloque o xarope de morango, o suco de limão, o gelo e o vinho congelado em um liquidificador e bata até ficar homogêneo. Corra para o abraço!

Receita de Basil & Bubbly

 3. Rosé Tropical (Lindo!)

takin-a-beak-mindy-kucan-crdt-tk-330x410
Ingredientes
  • 60ml de rosé
  • 15ml de Gin
  • 30ml de suco de limão fresco
  • 20ml de xarope de grapefruit com canela (ver nota)
  • 30 ml de água com gás
  • Flores e raminho de hortelã para enfeitar

Modo de fazer

Misture o rosé, gin, suco de limão e xarope em um copo. Encha com gelo picado e cubra com água com gás. Mexa. Decore com flores e um raminho de hortelã.

Receita de Calda de grapefruit com canela: misture uma medida de açúcar com uma medida de água e deixe ferver. Quando o açúcar se dissolver, adicione canela em pó a gosto. Aguarde até que a mistura esfrie, em seguida, adicione a mesma quantidade do suco de grapefruit, ou outra fruta tropical.

Receita by Imbibe

4.Rosé Blueberry

ru282309-jpg-rendition-largest

Ingredientes

  • 3 xícaras de granita de Blueberry (ver nota)
  • 2 xícaras de sorvete de coco
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 2 xícaras de mirtilos frescos
  • 1 garrafa de 750 ml de espumante rosé
  • 1/2 xícara de manjericão fresco picado

Modo de fazer

Faça a granita de Blueberry e congele. Coloque-a junto com o sorvete em seis copos de 300 ml. Cubra cada um com um fiozinho de mel e alguns mirtilos. Despeje o espumante por cima, decore e sirva na hora.

Receita de Granita de Blueberry

Ingredientes

  • 1 xícara de água
  • 3/4 xícara de açúcar
  • 2 colheres de chá de raspas de limão
  • 6 xícaras de mirtilos frescos
  • 2 colheres de sopa de suco de limão
  • 1/2 xícara de espumante rose
 
Modo de fazer

Em uma panela média, coloque água, açúcar e raspas de limão e deixe ferver em fogo médio, mexendo para dissolver o açúcar. Retire do fogo; transfira para uma tigela grande. Congele durante 15 minutos.

Enquanto isso, passe 4 xícaras de mirtilos em um processador junto com suco de limão, até atingir uma consistência quase de smoothie. Coe em uma peneira de malha fina e descarte os sólidos. Mexa o creme de mirtilo com 1/2 xícara de rose até virar um xarope. Despeje em uma assadeira retangular. Cubra e leve ao freezer por 1 hora. Raspe os lados com um garfo. Cubra e leve ao freezer por mais 2 horas mais ou menos até ficar firme, raspando os lados de vez enquanto.  

Receita de Pinterest | Better Homes And Gardens

 5. Limão Rosé Spritzer

20132360479_6c076537a6_b

Ingredientes

  • 1 xícara de vinho rosé seco
  • 60ml de St. Germain (licor de sabugueiro)
  • suco de ½ limão thaiti
  • gelo
  • água com gás
  • fatia de limão tahiti para decorar

Modo de fazer

Em um copo combine o rosé, St. Germain, e suco de limão. Encha 2 copos estilo long drink com gelo e despeje a mistura de rosé nos copos. Preencha-os até a borda com água com gás e decore com fatias de limões.

Receita by Hungry Girl por Vida


Então, enoamigos! Toda sexta-feira fico ansiosa para garimpar receitinhas de Wine Drinks para vocês. E, sim, essa série já virou um clássico aqui do Vila. Quando não posto, os leitores me cobram! Ainda dá tempo de comprar os ingredientes para animar seu fim de semana. Rosé está longe de ser vinho de “mulherzinha” como pregam os machistas mundo afora. É um estilo muito sedutor de fermentado, pronto para ser desfrutado por quem aprecia e deseja variar na degustação.
Boa sexta! Bom finde! Ótimos vinhos! Tim-Tim!

Wine Drinks: Clericot Tropical Para Alegrar o Seu Verão

Amigos, depois de muito estudo nas minhas aulas da International Sommelier Guild, finalmente consegui um tempinho para garimpar mais um Wine Drink para vocês. Dessa vez, a minha inspiração veio dos coquetéis de verão, para beber na piscina, na praia (por que não?), enfim, nos encontros com os amigos, seja ou não à beira mar.

dreamstime_l_12852010-e1336749048377

E hoje me deparei com essa receita sensacional para aguçar os sentidos, inclusive na ceia de natal. Como Welcome Drink, é perfeito! Trata-se de uma White Sangria Tropical. Aqui, a dica é usar um vinho branco fresco e de boa acidez (ou seja, não vale Chardonnay, muito menos aqueles exemplares barricados). Na boa, quero fazer essa receita com um vinho verde. Tenho certeza de que vai ficar no ponto. Porém, acredito que também funcione com Sauvignon Blanc, Riesling e Pinot Gris.

Bora anotar a receitinha!

Ingredientes:

  • 1 Garrafa de Vinho Branco leve e de boa acidez (Vinho Verde, Sauvignon Blanc, Pinot Gris, Riesling…)
  • 1 xícara de Suco de Frutas Tropicais (abacaxi, pêssego, manga…)
  • 2 xícaras de suco de uvas brancas 
  • 1 laranja cortada em rodelas finas
  • 1 limão cortado em fatias
  • 1 maçã verde cortada
  • 2 pêssegos frescos cortados em 8
  • Se curtir, adicione também algumas fatias de pepino
  • Incremente com folhas de hortelã

Modo de Fazer:

Encha uma jarra com todos os ingredientes e deixe marinar por algumas horas, a fim de extrair o máximo de sabor. Coloque na geladeira, para manter bem geladinho. Sirva com bastante gelo. 


Mais uma receitinha simples e cheia de bossa. E tenho certeza de que você vai acabar tendo que distribuí-la para todos os convidados, pois é sucesso na certa! Eu me animei de preparar nas confraternizações de fim de ano.

12171

Então é isso, galerinha da enofilia! Sexta-feira, dia de relaxar, ainda mais após uma semana agitada como foi essa última.

Boa sexta! Bons vinhos! Tim-Tim!

Referência: http://www.cocktaildeeva.com/